Monográficos Presentación | Último número | Números anteriores | Números en prensa | Números próximos | Índices
Núms. especiales Presentación | Último número | Números anteriores | Índice temático | Columna de Opinión | Recensiones | Entrevistas
Publicación Normas y envío de colaboraciones | Contactar | Créditos | Consejo asesor | Comité científico | Evaluadores | Memoria | Suscripción

Cargando
Untitled Document

RIE digital

De los lectores

Boletín 55/5
15 JUN 11

Psicología de la Educación

Estilos de aprendizagem de alunos ingressantes em um curso de pedagogia de uma instituição pública do norte do paraná e implicações para a prática pedagógica

Paula Mariza Zedu Alliprandini       
Elsa Maria Mendes Pessoa Pullin
Sueli Édi Rufini Guimarães

Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR, Brasil

Artículo recibido: 24/02/10; evaluado: 24/02/11 - 11/04/11; aceptado: 12/04/11

Resumo

Este estudo se caracteriza como de natureza descritiva e correlacional e teve como objetivo geral identificar os estilos e os modos de aprendizagem apresentados pelos alunos da 1ª série do curso de Pedagogia de uma IES pública de grande porte, localizada na região norte do estado do Paraná, e como objetivo específico, verificar se há diferenças entre os estilos e os modos de aprendizagem dos alunos matriculados nos turnos diurno e noturno, respectivamente. Participaram da pesquisa 122 alunos matriculados na 1a série desta instituição, sendo que 60 frequentavam o curso no turno diurno e 62, no turno noturno. O instrumento utilizado foi o “Inventário de Estilo de Aprendizagem”, proposto por Kolb (1993), adaptado por Cerqueira (2000) para estudantes universitários brasileiros, composto de 12 itens, e que foi aplicado coletivamente por cada turma. Para cada item, a tarefa do sujeito foi classificar em uma escala de 1 a 4, desde a maneira como melhor aprende (4) até a maneira menos provável (1). Houve predominância do estilo assimilador (aprender basicamente pelos modos de observação reflexiva e de conceituação abstrata), não sendo encontradas diferenças nos estilos de aprendizagem entre os alunos dos dois turnos. Estes resultados indicaram a importância de o professor e o aluno conhecerem seus próprios estilos de aprendizagem e a necessidade de os professores refletirem sobre sua prática pedagógica de forma a atender e propiciar o desenvolvimento de estágios superiores nos modos e estilos de aprendizagem dos seus alunos ao longo do curso de Pedagogia.

Palavras-chave

estilos de aprendizagem, modos de aprender, ensino superior, formação de professores

Contacto de los autores

paulaalliprandini@uel.br

Artículo completo

Artículo completo en formato PDF

Índice Indice  Subir Subir

Destacado

Colaboraciones: Hasta nuevo aviso solo se aceptarán artículos para los números monográficos

Redes sociales de la OEI
Cursos de la OEI


 

RIE Versión monográfica

RIE 75 Septiembre-Diciembre / Setembro-Dezembro 2016
PedagogĂ­a escolar y social / Pedagogia escolar e social

   
   

Creative Commons License
Esta obra está bajo
una licencia
de Creative Commons

La selección de los artículos se realiza mediante el "arbitraje ciego" de, al menos, dos miembros del Comité Editorial.
A seleção dos artigos se realiza pela "arbitragem cega" de pelo menos dois membros do comitê editorial.

Los artículos se publican en castellano o en portugués, respetando la lengua del original.
Os artigos editam-se em castelhano ou em português, respeitando a língua do material original

La RIE es una publicación indizada en:
Latindex Iresie
CINDOC
Abes Sudoc
DOAJ

Principal OEI