Os fluxos escolares dos alunos como analisadores dos modos de regulação local do Sistema Educativo

  • Ana Patrícia Tavares de Almeida Instituto Superior de Educação e Ciências, Portugal

Resumen

O presente trabalho corresponde ao produto final de um processo de construção de conhecimento, pela via de uma investigação empírica, realizado no âmbito das Ciências da Educação, na área de Administração Educacional, sobre os novos modos de regulação das políticas públicas de educação.

Assumindo a investigação uma abordagem de carácter qualitativo, procurou-se detectar e interpretar os ‘novos’ modos de regulação do sistema educativo no nível local, através da análise dos fluxos escolares dos alunos em duas freguesias de um concelho da Área Metropolitana de Lisboa.

Constituíram objectivos deste estudo: a) Descrever a procura dos alunos de estabelecimentos de ensino; b) Descrever a oferta educativa dos estabelecimentos de ensino; c) Analisar as lógicas de acção dos alunos e suas famílias no que respeita à procura de estabelecimentos de ensino; d) Analisar as lógicas de acção das direcções dos estabelecimentos de ensino no que respeita à estruturação da oferta e à gestão dos fluxos de alunos. Assim, a primeira fase caracterizou-se pela identificação e descrição dos fluxos escolares e a segunda pela compreensão e interpretação desses fluxos em função das lógicas de acção, quer dos alunos esuas famílias, quer das direcções das escolas, à luz das contribuições teóricas acerca dos modos de regulação das políticas educativas.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
2007-08-15
Cómo citar
Tavares de Almeida, A. P. (2007). Os fluxos escolares dos alunos como analisadores dos modos de regulação local do Sistema Educativo. Revista Iberoamericana De Educación, 43(6), 1-9. https://doi.org/10.35362/rie4362361
Sección
- Administración de la educación