Hélice Tríplice no Brasil e na América Latina: Fomentando o Desenvolvimento Através do Ator Universidade

  • Márcio Moutinho Abdalla Universidade Federal Fluminense (UFF), Brasil
  • Marcello Vinícios Dória Calvosa Universidade Federal Fluminense (UFF), Brasil
  • Luciene Gouveia Batista Universidade Federal Fluminense (UFF), Brasil
Palabras clave: Desenvolvimento, Hélice Tríplice, Parceria Público-Privada

Resumen

Este trabalho tem como objetivo principal analisar a entrada da iniciativa privada e da universidade nos processos de fomento de desenvolvimento socioeconômicos do Brasil e da América Latina, anteriormente apenas promovidos pelo Estado. A partir da entrada desses atores, nascem as PPPs (Parcerias Público Privadas) e o modelo Hélice Tríplice (HT). A entrada do ator universidade enriquece o modelo anterior, composto apenas pelos esforços do governo e da iniciativa privada. Com a proposta teórica, verifica-se que embora o modelo Hélice Tríplice privilegie o desenvolvimento social por meio da entrada do ator universidade na relação governos-iniciativa privada, o mesmo ainda é incipiente tanto no Brasil quanto na América Latina. Ainda assim, para que o modelo ocorresse no Brasil, o interesse e a iniciativa partiram das universidades e não dos governos, o que sugere um repensar das políticas públicas de educação e promoção do desenvolvimento por meio da participação da universidade.

 

Palavras-chave: Desenvolvimento; Hélice Tríplice; Parceria Público-Privada

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Cómo citar

Moutinho Abdalla, M., Dória Calvosa, M. V., & Gouveia Batista, L. (2013). Hélice Tríplice no Brasil e na América Latina: Fomentando o Desenvolvimento Através do Ator Universidade. Revista Iberoamericana De Educación, 61(1), 1-12. https://doi.org/10.35362/rie6111267
Publicado
2013-01-15
Sección
- Educación CTS