Educação do corpo, dor, sacrifício: um estudo com competidores de atletismo

  • Michelle Carreirão Gonçalves Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Brasil
  • Alexandre Fernandez Vaz Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Brasil
Palabras clave: esporte, educação do corpo, dor, sacrifício

Resumen

Resumen

Uma das questões que desafiam a compreensão do esporte contemporâneo diz respeito às relações do atleta com seu próprio corpo, ou, dito de outra forma, como ele significa a necessária instrumentalização corporal, exigência tanto do treinamento, quanto da performance competitiva. O atletismo aparece como uma das modalidades em que essas relações se colocam com maior clareza, talvez porque lhe seja menos frequente o momento de jogo presente em esportes coletivos. Nesse contexto, apresentamos os resultados de uma pesquisa com atletas adultos semi-profissionais de atletismo, com foco em técnicas e sacrifícios que permeiam o treinamento esportivo. Foram feitas observações sistemáticas de treinamentos e competições de atletas de pista, bem como entrevistas narrativas com protagonistas da modalidade. A análise específica de modalidades pode nos mostrar singularidades que se referem às formas de subjetivação contemporâneas. É este o caso, conforme mostram nossos resultados: (1) uma importante relação entre a técnica e a organização do sofrimento nos marcos do treinamento esportivo, com vistas ao disciplinamento, domínio e potencialização do corpo; (2) uma normalização da dor, entendida como parte fundamental da vitalidade atlética; (3) uma relação ambígua com as lesões – que deixam de ser um problema para tornar-se motivo de orgulho, criando um culto às lesões, uma celebração do sofrimento –,bem como com a ingestão de medicamentos para lidar com a dor – representando uma luta entre naturalidade e artificialidade.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
2012-01-15
Cómo citar
Carreirão Gonçalves, M., & Fernandez Vaz, A. (2012). Educação do corpo, dor, sacrifício: um estudo com competidores de atletismo. Revista Iberoamericana De Educación, 58(1), 1-10. https://doi.org/10.35362/rie5811465
Sección
- Educación física