Interação universidade-escola: produções de inovação curricular em ciências da natureza e repercussões na formação inicial de professores de química

  • Laís Basso Costa Beber Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI), Brasil
  • Marli Dallagnol Frison Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI), Brasil
  • Maria Cristina Pansera de Araújo Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI), Brasil

Resumen

Nessa pesquisa objetivamos investigar se a interação universidade-escola propicia a reorganização do currículo escolar em sucessivas Situações de Estudo (SE) e repercute na formação inicial de professores de Química. Identificamos, sobretudo, indícios de formação e desenvolvimento de autonomia docente para sugerir mudanças na escola. Enfocamos a importância do diálogo e da interlocução entre pesquisadores educacionais, professores da universidade, da escola e em formação inicial na criação de iniciativas que modifiquem e melhorem o currículo escolar. Salientamos que um ensino concebido em SE exige do professor mobilização de vários saberes no processo de ensinar e aprender. A pesquisa insere-se numa abordagem qualitativa orientada por Estudo de Caso, pois, segundo Martins (2006), apresenta recorte de uma situação real, numa perspectiva de pesquisa-ação. Professores da universidade, de escolas de educação básica e em formação inicial do curso de Licenciatura em Química da Unijuí foram envolvidos num processo de reorganização curricular. Os dados foram obtidos através da filmagem de aulas desenvolvidas no estágio; gravação de encontros de estudos; entrevista semi-estruturada e manifestações de estagiárias que refletem sobre suas ações na escola a partir de suas vivências e participações em projetos de Iniciação Científica. Para preservar a identidade dos sujeitos de pesquisa, foram atribuídos nomes fictícios iniciados pela letra L. Acreditamos que a articulação dos três grupos de professores no processo de elaboração de SE, tanto na formação inicial quanto continuada, potencializou as proposições de reorganização curricular na Área de Ciências da Natureza e suas Tecnologias com autonomia e autoria.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
2010-10-10
Cómo citar
Basso Costa Beber, L., Dallagnol Frison, M., & Pansera de Araújo, M. C. (2010). Interação universidade-escola: produções de inovação curricular em ciências da natureza e repercussões na formação inicial de professores de química. Revista Iberoamericana De Educación, 53(7), 1-12. https://doi.org/10.35362/rie5371697
Sección
- Didáctica de las Ciencias y la Matemática