A criança e o jogo: um olhar sobre formas de negociação

  • Frederico Jorge Saad Guirra Universidad Estatal de Campinas (UNICAMP), Brasil
  • Elaine Prodócimo Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Brasil

Resumen

O jogo e as brincadeiras são formas de atividade bastante interessantes e constituem um importante instrumento de troca entre a criança e o meio cultural em que ela vive. No entanto, para que essa troca aconteça, tornam-se necessários certos tipos de negociações sobre as regras que irão permear as brincadeiras, para que elas ocorram de maneira educativa e de forma a garantirem a satisfação de quem participa delas. Como processos educativos, deveriam ocupar, na escola, um importante papel e tornarem-se um grande aliado dos professores, principalmente na Educação Infantil, como possibilidade de mediar o conhecimento. Com o intuito de investigar a natureza das negociações ocorridas no contexto do jogo e como elas surgem, foi realizada uma pesquisa entre crianças do Centro Social Urbano, da Rede Municipal de Barra do Garças/MT, cujos resultados são relatados neste texto, que conclui com a afirmação de que, no jogo e na brincadeira, a criança se identifica com o meio, manifesta suas emoções, tendo oportunidade de verdadeira aprendizagem.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Cómo citar

Saad Guirra, F. J., & Prodócimo, E. (2009). A criança e o jogo: um olhar sobre formas de negociação. Revista Iberoamericana De Educación, 49(1), 1-12. https://doi.org/10.35362/rie4912112
Publicado
2009-03-25
Sección
- Educación infantil