El papel de la agresión y victimización entre iguales en el fracaso escolar

Palabras clave: agresión, victimización, fracaso escolar

Resumen

O insucesso escolar, as suas causas, e a promoção do sucesso académico têm sido uma preocupação do sistema educativo português partilhada por diferentes ideologias políticas, e que se tem mantido como um problema educativo prioritário ao longo de várias décadas. No sentido de contribuir para compreender as causas do insucesso escolar e melhor promover o sucesso educativo analisam-se os dados de três investigações (uma com 572 alunos do ensino básico e secundário, outra com 15 professores dos três níveis do ensino básico e outra com 186 alunos do 1.º ciclo do ensino básico) que procuraram verificar quais as relações que existem entre as condutas agressivas entre pares, percecionadas e auto relatadas pelos alunos e o seu sucesso escolar, por um lado, e as perceções dos professores sobre as condutas dos seus alunos e o seu sucesso escolar, por outro. Foram utilizados questionários de autorrelato e hétero-relato no caso dos alunos e os professores preencheram um questionário por cada um dos seus alunos. Os dados obtidos nestes questionários foram relacionados com uma medida de sucesso escolar (aprovação/reprovação no final do ano letivo). Os resultados sugerem uma relação entre o comportamento agressivo dos alunos e o insucesso escolar, quer nos auto e hétero-relatos dos alunos, quer através da perceção dos docentes, sugerindo que programas de prevenção de bullying, indisciplina e agressão entre pares, podem contribuir para a promoção do sucesso escolar, e consequentemente para a inclusão de todos os alunos.

Palavras chave: agressão; vitimação; insucesso escolar

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Citas

aQeduto (2016a). Chumbar melhora as aprendizagens?, Estudo aQeduto Q2, CNE / FFMS, Lisboa. Disponível em https://bit.ly/2WuR6jn

aQeduto (2016b). Bons ambientes, bons alunos?, Estudo aQeduto Q6, CNE / FFMS, Lisboa. Disponível em https://bit.ly/2WuR6jn

aQeduto (2016c).Afinal porque melhoraram os resultados dos alunos portugueses?, Estudo aQeduto Q11, CNE / FFMS, Lisboa. Disponível em https://bit.ly/2WuR6jn

Almeida, L, Gomes, C., Ribeiro, I., Dantas, J. Sampaio, M, Alves, M., ...Santos, F. (2005). Sucesso e insucesso no ensino básico: relevância de variáveis sócio-familiares e escolares em alunos do 5.º ano. In Atas do VIII Congresso Galaico-Português de Psicopedagogia (pp. 3629-3641). Braga: Universidade do Minho

Bilié, V., Flander, G. B., & Rafajac, B. (2014). Life satisfaction and school performance of children exposed to classic and cyber peer bullying. Collegium Antopologicum, 38(1), 21-29.

Carvalho, C., & Convoy, J. (Orgs). (2015). Feedback, identidades, trajetórias escolares: dinâmicas e consequências. E book. Disponível em https://bit.ly/2HO44kh

Diaz-Aguado, M. J. & Arias, R. M. (Dirs.) (1999). Infancia en situación de riesgo social. Un instrumento para su detección a través de la escuela. Madrid: Dirección General de Educación. Dirección General de Investigación da Comunidad de Madrid.

Diaz-Aguado, M. J. (2004) (Dir.). Prevención de la violencia y lucha contra la exclusión desde de la escuela. 3 volúmenes y un vídeo. Madrid: Instituto de la Juventud.

Fernandes, H. Caldeira, S., & Veiga, F. (2014). Envolvimento do aluno na escola e comportamento disruptivo. Revista Ibero-americana de Educação, 66(1), 1-12. Disponível em https://bit.ly/2Xeiwao

Feldman, M., Ojanen, T., Gesten, E., Schrandt, H., Brannick, M., Totura, C. …Bronw, K. (2014). The effects of middle school bullying and victimization on adjustment through high school; growth modeling of achievement, school attendance, and disciplinary trajectories. Psychology in the Schools, 51(10), 1046-1062.

Janoz, M., & Blanc, M. (2000). Abandono escolar na adolescência. Factores comuns e trajectórias múltiplas. Revista Portuguesa de Pedagogia. XXXIV (1,2,3), 341-403.

Liar, P., Vitaro, F, Barker, E., Brendegen, M., Trembley, R., & Boivin, M. (2012). Peer victimization, poor academic achievement and the link between childhood and externalizing and internalizing problems. Child Development, 83(5), 1775-1788.

Martins, M. J. D. (2005). Agressão e vitimação entre adolescentes, em contexto escolar: Um estudo empírico. Análise psicológica, 4(XXIII), 401-425. https://doi.org/10.14417/ap.558

Martins, M. J. D. (2009). Maus tratos entre adolescentes na escola. Penafiel: Editora Novembro.

Martins, M. J. D., & Figueira, A. C. (2015). Crianças em situação de risco social - A perceção dos docentes. In L. Mata, M. A. Martins, V. Monteiro, J. Morgado, F. Peixoto, A. Silva, &, J. Silva. (Eds). Diversidade e Educação: Perspetivas Atuais. E book (pp. 38-53). Disponível em https://bit.ly/2WfZ3JS

Martins, M. J. D., & Proença, A. (2018). Quelle est la relation entre le comportement agressif chez les élèves et l’échec scolaire? In J. Pinhal, C. Cavaco, M. J. Cardona, F. Costa, J. Marques, R. & Faria (Orgs.). (2018). A Escola: Dinâmicas e Atores. Atas do XXIV Colóquio da AFIRSE Portugal. (pp.1085-1093). Lisboa: AFIRSE Portugal e Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Disponível em https://bit.ly/2wvEGJi

Morgado, M., Ferreira, I., Santos, D., Panaças, M. L., & Martins, M. J. (2015). Comunidades de aprendizagem sobre o abandono escolar precoce: O Projeto School Safety Net. Aprender, 36, 29 - 38. Disponível em www.esep.pt

Ribeiro, I, Almeida, L, & Gomes, C. (2006). Conhecimentos prévios, sucesso escolar e trajectórias de aprendizagem: do 1.º para o 2.º ciclo de aprendizagem. Análise Psicológica, 5(2), 127-133.

Pinto, A. S. (2017). Convivência entre pares e relacionamento social entre crianças. Dissertação de mestrado apresentada à Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Portalegre.

Slaten, C., Elison, Z., Hugues, H., Yough, M., & Shemwell, D. (2015). Hearing the voices of youth at risk for academic failure: What professionals school counselors need to know: Journal of Humanistic Counseling, 54, 203-220.

Veiga, F., Wendzel, K., Melo, M., Pereira, T., & Galvão, D. (2014). Envolvimento dos alunos na escola e relação com os pares: uma revisão de literatura. In F. Veiga et al. (Orgs). Atas do I congresso internacional de Envolvimento dos alunos na escola: Perspetivas da Psicologia e da Educação. Disponível em https://bit.ly/2Qvybzo
Publicado
2019-06-06
Cómo citar
D. Martins, M. J., & Proença, A. (2019). El papel de la agresión y victimización entre iguales en el fracaso escolar. Revista Iberoamericana De Educación, 80(2), 47-60. https://doi.org/https://doi.org/10.35362/rie8023202
Sección
- Investigaciones