Tradições, continuidades e descontinuidades das práticas corporais em uma comunidade quilombola

  • José Luiz dos Anjos Universidade Federal do Espírito Santo, Brasil
Palabras clave: tradição, comunidade quilombola, rupturas sociais, práticas corporais

Resumen

O estudo tem como objetivo identificar elementos de práticas corporais presentes nos espaços de relações sociais em uma comunidade remanescente quilombola e, especificamente, identificar as relações que promovem continuidades e descontinuidades tradicionais. Utilizou-se entrevistas semiestruturadas, optando por Minayo (1999), por se tratar de um estudo que apresenta características sociais. O estudo identificou que a escola, na comunidade, é um agente de promoção de rupturas da continuidade das tradições. “Jogar bola”, “nadar na lagoa” e “amansar bezerros” são práticas corporais que são apreendidas nas relações sociais, nos diversos grupos da comunidade, que permitem as continuidades das tradições e traduzem significados de gêneros.

Palavras chave

tradição; comunidade quilombola, rupturas sociais; práticas corporais

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Cómo citar

Anjos, J. L. dos. (2013). Tradições, continuidades e descontinuidades das práticas corporais em uma comunidade quilombola. Revista Iberoamericana De Educación, 62(1), 1-11. https://doi.org/10.35362/rie621892
Publicado
2013-05-15
Sección
- Educación física