El proyecto Petit y Pequeños y el libro didáctico adoptado: una experiencia de enseñanza de español para niños

  • Ana Paula Cavalcante de Albuquerque Centro Interescolar de Línguas da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF), Brasil
  • Gladys Quevedo-Camargo Universidade de Brasília, Brasil
Palabras clave: Projeto Petit e Pequeños, análise de livro didático, língua espanhola para crianças, Centro Interescolar de Línguas (CIL)

Resumen

Em 2015 e 2016, um dos Centros Interescolares de Línguas (CIL) do Distrito Federal (DF), escola pública exclusiva para o ensino de línguas, pilotou um projeto de ensino de língua espanhola para crianças que cursavam o 5º ano chamado Petit e Pequeños. O objetivo deste artigo é descrever o projeto Petit e Pequeños e refletir sobre acertos e desacertos no trabalho realizado ao longo de dois anos. Na sequência, trazemos a análise do livro adotado, Ventanita al Espanhol 1 (Feitosa et al, 2013), com base em critérios apresentados por López (2016). Os resultados da análise indicaram defasagem entre a concepção do material e a clientela à qual ele se destina e contribuição parcial do livro didático ao trabalho conduzido.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Gladys Quevedo-Camargo, Universidade de Brasília, Brasil

Programa de Pós-graduação em Linguística Aplicada (PGLA), Universidade de Brasília, Brasília/DF, Brasil

Citas

Almeida Filho, José Carlos Paes (2008). Dimensões comunicativas no ensino de línguas. Campinas: Pontes.

Brasil (1996). Lei de Diretrizes e bases da Educação Nacional- LDB. Nº 9.394/1996. Brasília: Imprensa Nacional.

Brasil (2005). Lei Nº. 11.161/2005 – Dispõe sobre o ensino da língua espanhola. Brasília: Imprensa Nacional.

Carvalho, Julyana Peres. Contrastes e reflexões sobre o ensino de Espanhol em escolas públicas do DF: uma visão real acerca da implantação da Lei 11.161/2005. Brasília: Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução. Universidade de Brasília, 2014. 249f Dissertação de Mestrado, 2014.

Distrito Federal (2015). CLDF- Lei Distrital Nº 5.536/2015, de 02 de setembro de 2015. CEDF,.

Distrito Federal (2014). DODF. Portaria de 10 de dezembro de 2014. Disponível em: Acesso em: 05 maio 2016.

Feitosa, Adriana et al (2013). Ventanita al español 1/ [obra coletiva], São Paulo: Moderna/Santillana.

Fernández, Gretel Eres (2014). “Materiais didáticos de língua espanhola: uma proposta de matriz de análise” (p. 335-368). In: Silva, Kléber Aparecido da, Daniel, Fátima Gênova, Kaneko-Marques, Sandra Mari, Salomão, Ana Cristina Biondo; [Orgs.] A formação de professores de línguas: Novos olhares. Volume III. Campinas, SP: Pontes Editores.

Figueira, Cristina Dias de Souza (2010). “O envolvimento de crianças na aula de língua estrangeira”. (p. 93-123). In: Rocha, Claudia Hilsdorf. Tonelli, Juliana Reichert Assunção, Silva, Kléber Aparecido da [Orgs.]. Língua Estrangeira para crianças: Ensino -Aprendizagem e Formação docente, Campinas: Pontes,.

Leffa, Vilson J. (2008). “Como produzir materiais para o ensino de línguas”. In: Vilson J. Leffa. (Org.). Produção de materiais de ensino: prática e teoria. 2 ed. Pelotas: Educat, (v. 1, p. 15-41).

López, M.D.C.F. (2016), “Principios y criterios para el análisis de materiales didácticos”, in Lobato, J.S, Gargallo, I.S [Eds.]. Vademécum para La formación de profesores: enseñar español como segunda lengua (L2)/lengua extranjera(LE). Tomo II. Madrid: SGEL, pp. 107-126.

Magalhães, Solange Martins Oliveira (2006). Afetar e sensibilizar na educação: uma proposta transdisciplinar. Linhas Críticas, vol. 17, Nº 32, pp.163-181. Brasil: Universidade de Brasília.

Rinaldi, Simone (2006). Um relato da formação de professores de espanhol como Língua estrangeira para crianças: um olhar sobre o passado, uma análise do presente e caminhos para o futuro – Dissertação de mestrado, USP, São Paulo.

Rocha, Claudia Hilsdorf (2010). Língua Estrangeira para crianças:Ensino -Aprendizagem e Formação docente Campinas: Pontes.

Rocha, Claudia Hisldorf (2012). Reflexões e propostas sobre Língua Estrangeira no Ensino Fundamental I. Campinas: Pontes.

Scaramucci, Matilde Virgínia (2008). A avaliação no ensino Aprendizagem de Língua: Conceitos e Práticas (p. 85- 109) In: Rocha, Claudia Hilsdorf; Basso, Edcléia Aparecida; [Orgs.] Ensinar e aprender Língua Estrangeira nas diferentes idades: reflexões para professores e formadores. São Carlos: Clara Luz.

Scaffaro, Andrea Peixoto (2010). O uso da atividade de contar histórias como recurso na retenção de vocabulário novo na Língua Inglesa para Crianças na fase pré-escolar (p. 61-92). In: Rocha, Claudia Hilsdorf; Tonelli, Juliana Reichert Assunção; Silva, Kleber Aparecido. [Orgs.] Língua Estrangeira para crianças: no Ensino–aprendizagem e Formação Docente. Campinas: Pontes
Publicado
2017-10-30
Cómo citar
Cavalcante de Albuquerque, A. P., & Quevedo-Camargo, G. (2017). El proyecto Petit y Pequeños y el libro didáctico adoptado: una experiencia de enseñanza de español para niños. Revista Iberoamericana De Educación, 75(1), 9-24. https://doi.org/10.35362/rie7511302
Sección
- Didáctica de la Lengua y de la Literatura