Dissertações, provas e exames. Um estudo das práticas de avaliação das aprendizagens no curso de pedagogia da USP, Brasil

  • Katiene Nogueira da Silva Universidade de São Paulo, Brasil
Palabras clave: avaliação das aprendizagens, docência universitária, trabalho docente, práticas pedagógicas.

Resumen

O presente trabalho é fruto de uma investigação acerca das práticas de avaliação empregadas pelos professores universitários para verificar as aprendizagens de seus alunos no Curso de Pedagogia da Universidade de São Paulo (USP) desde 1938 – ano de sua criação – até 2011, contribuindo para a recuperação de elementos que fazem parte da história, da cultura e da memória desta instituição. Buscamos compreender como os docentes constroem os seus critérios de excelência e de que forma estes são mobilizados na docência, na avaliação das aprendizagens e na formação realizadas no ensino superior. O estudo toma como fontes privilegiadas a documentação da USP e entrevistas com professores e alunos que frequentaram e frequentam o curso no período investigado. Desta forma, realizamos um estudo que possui um caráter histórico e incide também sobre o tempo presente.
Palavras-chave: avaliação das aprendizagens; docência universitária; trabalho docente; práticas pedagógicas.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Citas

ALAVARSE, O. M. (2007) Ciclos ou séries?: a democratização do ensino em questão (tese de doutoramento), Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.

ALMEIDA, M. I. et al (2011) Pedagogia Universitária: caminhos para a formação de professores. 1a.. ed. São Paulo: Cortez.

AZANHA, J. M. P. (1987) Educação: Alguns escritos. São Paulo: Editora Nacional.

AZANHA, J. M. P. (1985) Uma reflexão sobre a didática. In.: MOLINA, Olga. (Ed.) 3º Seminário A didática em questão. Vol. 1 FEUSP: São Paulo.

AZANHA, J. M. P. (1996, Novembro) Avaliação escolar, algumas questões conceituais. Comunicação apresentada no II Encontro sobre Experiências Inovadoras de Ensino na USP, São Paulo.

BOURDIEU, P.; PASSERON, J. (1985) Les héritiers : les étudiants et la culture. Paris: Minuit.

BOURDIEU, P.; SAINT-MARTIN, M. (1999) As categorias do juízo professoral In.: CATANI, A.; NOGUEIRA, M. A. (Ed.) Escritos de educação. Rio de Janeiro: Vozes, 1999, p. 185 – 216.

BOURDIEU, P. (2005) A economia das trocas simbólicas. São Paulo: Perspectiva.

BOURDIEU, P. (2006) Esboço de uma teoria da prática. Lisboa: Celta.

CATANI, D. B. (2008) A educação como ela é Revista Educação, especial biblioteca do professor, 16 – 25.

CATANI, D. B. (2011) História das práticas de avaliação de alunos e professores no Brasil In: FERNANDES, D.. (Ed.). Avaliação em Educação: olhares sobre uma prática social incontornável (pp. 135-153). 1 ed. Pinhais - PR: Editora Melo.

CARDOSO, I. A. R. (1982) A universidade da comunhão paulista: o projeto de criação da Universidade de São Paulo São Paulo: Cortez/Autores Associados.

CERTEAU, M. (2009) A invenção do cotidiano: artes de fazer Petrópolis: Vozes.

FERNANDES, D. (2009) Avaliar para aprender: fundamentos, práticas e políticas. São Paulo: UNESP.

FÉTIZON, B. A. M. (1986) Subsídios para o estudo da Universidade de São Paulo ( tese de doutorado), Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, São Paulo.

GATTI, B. (2008) Construindo Caminhos para o Sucesso Escolar. Brasília: UNESCO.

HOFFMANN, J. (2011) Avaliação: mito & desafio, uma perspectiva construtivista Porto Alegre: Mediação.

JACOBSON, L.; ROSENTHAL, R. (1981) Profecias auto-realizadoras em sala de aula: as expectativas dos professores como determinantes da competência intelectual In: PATTO, M. H. S. (Ed.) Introdução à psicologia escolar. São Paulo: T. A. Queiroz.

LAHIRE, B. (1997) Sucesso escolar nos meios populares: as razões do improvável São Paulo: Ática.

LUCKESI, C. (2002) Avaliação da aprendizagem escolar São Paulo: Cortez.

LUGLI, R. S. G. (2008) A construção social do indivíduo Revista Educação, especial biblioteca do professor, 26 – 35.

PATTO, M. H. S. (1991) A produção do fracasso escolar: histórias de submissão e rebeldia São Paulo: T. A. Queiroz.

PERRENOUD, P. (1999) Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens – entre duas lógicas. Porto Alegre: Artmed.

PERRENOUD, P. (1993) Práticas pedagógicas, profissão docente e formação: perspectivas sociológicas Lisboa: Dom Quixote.

PIMENTA, S. G. (2011) Docência no Ensino Superior. São Paulo: Cortez Editora.

SOUSA, S. M. Z. (1994) Avaliação da Aprendizagem: natureza e contribuições da pesquisa no Brasil no período 1980 a 1990. (tese de doutoramento), Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.

VASCONCELLOS, C. (1998) Processo de mudança da avaliação da aprendizagem: o papel do professor, representações e práticas. (tese de doutoramento), Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.

Publicado
2016-03-15
Cómo citar
Nogueira da Silva, K. (2016). Dissertações, provas e exames. Um estudo das práticas de avaliação das aprendizagens no curso de pedagogia da USP, Brasil. Revista Iberoamericana De Educación, 70(2), 117-128. https://doi.org/10.35362/rie70263
Sección
- Docencia universitaria