O espaço da pessoa surda na literatura infantil relacionada à Educação Física e ao Esporte no Brasil e na Espanha

  • Rafael Guimarães Botelho Universidade de São Paulo (USP), Brasil
Palabras clave: Literatura Infantil, Surdez, Educação Física, Brasil, Espanha

Resumen

Este artigo tem por objetivo verificar qual o espaço da pessoa surda nos livros de literatura infantil, no âmbito temático da Educação Física, publicados no Brasil e na Espanha. Para tanto, foi utilizada a técnica de análise de conteúdo. O objeto de estudo foi constituído por dois corpora de livros infantis. Em relação aos resultados, a análise efetuada indicou que os autores, os ilustradores e as editoras não incluíram personagens surdos na trama das histórias infantis, e tampouco nas poesias, dos 150 livros publicados nos dois países. Por conseguinte, esta pesquisa concluiu que não há espaço para a pessoa surda e para uma Educação sobre a surdez na literatura infantil com temática relacionada à Educação Física e ao Esporte.

Palavras-chave

Literatura Infantil. Surdez. Educação Física. Brasil. Espanha.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Rafael Guimarães Botelho, Universidade de São Paulo (USP), Brasil

Professor efetivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ), Brasil
Pós-doutorando em Educação (2012-2013) – Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP), Brasil

Publicado
2013-06-15
Cómo citar
Guimarães Botelho, R. (2013). O espaço da pessoa surda na literatura infantil relacionada à Educação Física e ao Esporte no Brasil e na Espanha. Revista Iberoamericana De Educación, 62(2), 1-8. https://doi.org/10.35362/rie622844
Sección
- Educación inclusiva