A formação de professores e a educação de autistas

  • Sílvia Ester Orrú Fundação de Encino Octavio Bastos, Brasil

Resumen

O presente trabalho centra-se na Teoria da Modificabilidade Cognitiva Estrutural desenvolvida pelo Professor Dr. Reuven Feuerstein. Seu objetivo foi a formação das professores, visando uma educação qualitativa para os alunos com autismo e, conseqüentemente, a viabilidade de uma melhor qualidade de vida para os mesmos. As perspectivas a partir dos resultados obtidos com professores e alunos apontam para a possibilidade de novas estratégias de ensino a partir da prática docente dentro de um processo de mediatização contínuo entre o aluno, a dinâmica do professor e o conhecimento. Usou-se comunicação alternativa por meio de recursos visuais como apoio pedagógico para a realização de uma educação significativa para tais alunos, tendo em vista que os problemas de comunicação emitiva e receptiva são características inerentes à síndrome do autismo.   

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Cómo citar

Orrú, S. E. (2003). A formação de professores e a educação de autistas. Revista Iberoamericana De Educación, 33(1), 1-14. https://doi.org/10.35362/rie3312965
Publicado
2003-03-15
Sección
Artículos del especial