Diversidade religiosa e formação de professores de ciências: uma discussão em Habermas e um caso no ensino de Física

  • Hernani Luiz Azevedo Universidade Federal de Mato Grosso, Brasil
  • Eder Pires de Camargo Universidade Estadual Paulista (UNESP), Brasil
Palabras clave: Diversidade religiosa, ensino de ciências, formação de professores, competência comunicativa

Resumen

Resumo

Neste artigo, propomos uma discussão sobre as implicações da diversidade religiosa no ensino de ciências, bem como sobre a formação de professores de ciências. Baseamo-nos, para tanto, nas reflexões do filósofo alemão Jürgen Habermas sobre o relacionamento político que deve regular as relações entre uma cultura secularizada e as diversas culturas religiosas. Também apresentamos uma pesquisa feita com futuros professores de Física, na qual investigamos as posturas adotadas por estes futuros profissionais diante de modelos não científicos (religiosos) apresentados por alunos sobre as origens do Universo. Buscou-se identificar, principalmente, a expectativa que tais futuros professores demonstravam quanto à contribuição (ou não) do levantamento de tais modelos durante a aula por parte dos alunos. Tivemos a oportunidade de constatar que a maioria deles acredita que a manifestação dessas concepções poderia trazer contribuições para a discussão em sala de aula. Também verificamos que práticas pedagógicas baseadas na comunicação, no questionamento e no diálogo, em disciplinas do curso de licenciatura concluído pelos futuros professores, têm gerado uma apropriação destas práticas por parte dos licenciandos, e sua potencial aplicação em outras situações e discussões, inclusive interreligiosas.

Palavras-Chave

Diversidade religiosa; ensino de ciências; formação de professores; competência comunicativa.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
2013-07-15
Cómo citar
Azevedo, H. L., & Pires de Camargo, E. (2013). Diversidade religiosa e formação de professores de ciências: uma discussão em Habermas e um caso no ensino de Física. Revista Iberoamericana De Educación, 62(3), 1-11. https://doi.org/10.35362/rie623823
Sección
- Didáctica de las Ciencias y la Matemática