A comunicação como barreira à inclusão de alunos com deficiência visual em aulas de eletromagnetismo

  • Eder Pires de Camargo Universidade Estadual Paulista (UNESP), Brasil
  • Roberto Nardo Universidade Estadual Paulista (UNESP), Brasil
  • Estéfano Vizconde Veraszto Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Brasil

Resumen

O presente artigo encontra-se inserido dentro de um estudo que busca compreender as principais barreiras para a inclusão de alunos com deficiência visual no contexto do ensino de Física. Focalizando aulas de eletromagnetismo, analisa as dificuldades comunicacionais entre licenciandos e discentes com deficiência visual. Para tal, enfatiza as estruturas empírica e semântico-sensorial das linguagens utilizadas, indicando fatores geradores de dificuldades de acesso às informações veiculadas. Recomenda, ainda, alternativas que visam dar condições à participação efetiva do discente com deficiência visual no processo comunicativo, entre as quais se destacam: a destituição da estrutura empírica áudio-visual interdependente e a exploração das potencialidades comunicacionais das linguagens constituídas de estruturas empíricas de acesso visualmente independente.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Cómo citar

Pires de Camargo, E., Nardo, R., & Vizconde Veraszto, E. (2008). A comunicação como barreira à inclusão de alunos com deficiência visual em aulas de eletromagnetismo. Revista Iberoamericana De Educación, 47(5), 1-18. https://doi.org/10.35362/rie4752269
Publicado
2008-11-25
Sección
- Educación inclusiva
Bookmark and Share