A comunicação como barreira à inclusão de alunos com deficiência visual em aulas de eletromagnetismo

  • Eder Pires de Camargo Universidade Estadual Paulista (UNESP), Brasil
  • Roberto Nardo Universidade Estadual Paulista (UNESP), Brasil
  • Estéfano Vizconde Veraszto Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Brasil

Resumen

O presente artigo encontra-se inserido dentro de um estudo que busca compreender as principais barreiras para a inclusão de alunos com deficiência visual no contexto do ensino de Física. Focalizando aulas de eletromagnetismo, analisa as dificuldades comunicacionais entre licenciandos e discentes com deficiência visual. Para tal, enfatiza as estruturas empírica e semântico-sensorial das linguagens utilizadas, indicando fatores geradores de dificuldades de acesso às informações veiculadas. Recomenda, ainda, alternativas que visam dar condições à participação efetiva do discente com deficiência visual no processo comunicativo, entre as quais se destacam: a destituição da estrutura empírica áudio-visual interdependente e a exploração das potencialidades comunicacionais das linguagens constituídas de estruturas empíricas de acesso visualmente independente.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
2008-11-25
Cómo citar
Pires de Camargo, E., Nardo, R., & Vizconde Veraszto, E. (2008). A comunicação como barreira à inclusão de alunos com deficiência visual em aulas de eletromagnetismo. Revista Iberoamericana De Educación, 47(5), 1-18. https://doi.org/https://doi.org/10.35362/rie4752269
Sección
- Educación inclusiva