Apresentação

  • Roberto Martínez Santiago Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciencia y la Cultura (OEI)

Resumen

Durante o tempo que transcorreu desde a aparição do nosso número anterior sobre a violência na escola (RIE 37), os meios de comunicação informaram sobre novos e múltiplos casos dessa natureza, nos que se viram envolvidos os centros escolares e seus atuantes principais. Igualmente muitas foram as opiniões e as respostas realizadas pelos «expertos» sobre as causas desde fenômeno e de suas possíveis solução.

A maior parte das opiniões relacionadas com a própia institução educativa os motivos, ou, pelo menos, o descontrole deste tipo de vio-lência: a permisividade do sistema, a perda ou abandono do exercício da autoridade por parte dos docentes, o relexamiento do «clima escolar», estarian na origen das condutas violentas.

Estes diagnósticos costumam ir acompanhados de propostas orientadas a restituir o computador quebrado, empregando quase sempre a via da coação: maior vigilância policial no entorno dos estabelecimentos educativos – e ainda dentro deles –, o endurecimento das medidas disciplinares, separação das classes dos infratores, e outras que, com o mesmo sentido, pretendem isolar as instituições de uma realidade as transcendem y que, sozinhas não podem modificar.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Cargando métricas ...
Publicado
2005-05-01
Cómo citar
Martínez Santiago, R. (2005). Apresentação. Revista Iberoamericana De Educación, 38, 9-10. https://doi.org/10.35362/rie380814
Sección
- Presentación